O Poder Da Comunicação Eficaz

O Poder Da Comunicação Eficaz

Imagina só!

Você tem uma apresentação importante para fazer no seu trabalho e, como todo bom orador, sabe que é preciso treino. Então você prepara o discurso para treinar diante do espelho.

“Boa tarde! Irei mostrar para vocês os resultados positivos no departamento de Marketing (tosse). Eu venho trabalhando em muitas melhorias desde que cheguei, vocês verão agora alguns desses trabalhos a seguir, as campanhas que fizemos (olha para trás e passa o slide).”

No slide, surgem sete itens com as campanhas que você ajudou a implantar. Até aqui, você acredita que está indo muito bem, pois você está falando sobre coisas que conhece e que participou, por isso não terá branco na hora de discursar.

Mas será? Será que quando falamos sobre comunicação e oratória, o branco é mesmo o principal problema??

“O encontro de duas personalidades assemelha-se ao contato de duas substâncias químicas: se alguma reação ocorre, ambos sofrem uma transformação.” – Carl Jung

O exemplo citado no início do texto nos mostra como é importante conhecer as diretrizes corretas de uma Apresentação persuasiva. Quando nos apresentamos é preciso criar uma conexão com o público, torná-lo próximo do que está sendo dito e utilizar corretamente a linguagem corporal para trazer emoções. Assim, inspiramos confiança e criamos o famoso ENGAJAMENTO.

Engajar, por definição, é fazer com que as pessoas se dediquem a algo, trabalhem de maneira colaborativa.

E é exatamente isso que precisamos entender em Comunicação.

O discurso feito para o público, como mero espectador, não gera interesse.

Já o que é feito COM o público, em que ele é parte da apresentação, esse sim é encantador, pois você se reconhece no que está sendo dito.

Mas será que todas as apresentações devem ser assim, a regra é ser mais emocional sempre? Não, claro que não! Pois o público e o contexto podem mudar toda a estratégia de uma grande apresentação.

A proposta é chamar a atenção para a importância da retórica.   Persuadir é uma arte e também uma técnica que gera clareza e relevância às informações. Assim como o fotógrafo valoriza os detalhes para compor uma imagem, o ótimo orador destaca as ideias colocando ênfase nas palavras, citando exemplos, mostrando as emoções no seu rosto e demonstrando segurança.

Iremos nos relacionar, vender ideias e conduzir pessoas para o resto de nossas vidas. É assim com a criação dos filhos, as dinâmicas para conseguir emprego e até o texto no computador que depois passa pela validação dos clientes na web.

Como disse Abraham Lincoln, se você tem nove horas para cortar uma árvore, passe seis horas focado em afiar o machado.

E como está a sua Comunicação? Você tem “afiado” a sua melhor ferramenta?

 

 

By |2018-09-12T19:58:06+00:0021 de junho de 2018|Oratória|0 Comentários

Comente: